Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Várzea Grande

"Não tenho medo de fazer o enfrentamento rosto a rosto". diz

Roldão Lima Jr. é Secretário de Serviços Públicos e Transportes Urbanos do Município.

17/04/2015

Divulgação Secom/VG

"Não tenho medo de fazer o enfrentamento rosto a rosto". diz

Da Editoria

Polêmico e sem medo de enfrentamento com a imprensa ou qualquer esclarecimento, Roldão concedeu entrevista ao site CorreioPress e Jornal Correio Várzea-grandense, mostrou porque é o secretário que mais se destaca na gestão Walace Guimarães, quase sendo um porta voz da gestão. Tidos por muitos como rolo compressor do prefeito em Várzea Grande vem se destacando em sua pasta . É Bacharel em Ciências Jurídicas, Contador, Administrador de Empresa e Especialista em Gestão Pública pela Fundação Getúlio Vargas. Foi por várias vezes diretor geral da Câmara de Várzea Grande, chefe de Gabinete vice-prefeito Edilson Baracat, chefe de gabinete do ex-deputado Campos Neto, Batico de Barros e deputado Edilson Baracat, assessor do Tribunal de Contas do Conselheiro Ary Leite de Campos, Secretário especial Gabinete Prefeito Walace Guimarães, representante de Várzea Grande nas obras da Copa do Mundo junto ao Governo do Estado, chefe de gabinete de mais de oito vereadores em Várzea Grande e Cuiabá, entre outras funções exercidas.

Correiopress - Quando o senhor assumiu os serviços públicos do município quais dificuldades encontrou na pasta?

Roldão - Foram vários pontos de dificuldades encontrados, mais acho que o mais importante foi estabelecer um limite entre o permitido segundo o Código de Postura do e o descaso que sempre foi relegado o nosso código que disciplina e legislação em nossa cidade.

Correiopress - Qual a real realidade de Várzea Grande, em termos de serviços públicos? E o que será feito?

Roldão - Nossa cidade é uma cidade com cerca de 150 anos de emancipação e não foi planejada e necessita de tudo, a demanda é muito grande e nossa realidade econômica não acompanhou esta necessidade.

Correiopress - Há condições em termos de maquinários e estrutura para se prestar serviços no município? Qual é esta estrutura?

Roldão - Nossa estrutura é diminuta diante de nossa demanda. Assumimos a administração sem nenhum veículo no pátio, encontramos até tratores em propriedade particulares, hoje temos uma frota terceirizada para prestar serviços essências.

Correiopress - Qual expectativa para a liberação do PAC? E quais investimentos serão prioritários?

Roldão - Toda nossa chance de crescimento está voltada para o PAC em nossa cidade. Será a redenção de nossa gente. O PAC irá levar água tratada a mais 98% (noventa e oito por cento) para a população e 86% (oitenta e seis por cento) de esgoto tratado. Serão realizados mais de 100 km de pavimentação, contração de cerca de 1.700 casas populares. O mais importante desta obra será a implantação do esgoto tratado grande empresa não se instalam em nosso município pela falta deste, deixando de gerar empregos e rendas.

Correiopress - Em sua opinião, qual foi o legado deixado da Copa do Mundo? E se acha que irá ser concluído o VLT?

Roldão - Foram as obras de mobilidade urbana realizadas e acredito no término do VLT e acho também que este será o maior legado da Copa para MT.

Correiopress - Várzea Grande ainda sente o reflexo da má gestão das obras da Copa do Mundo. Como o senhor avalia o abandono das empresas que tinham suas sedes na Avenida. da FEB, e estão mudando até mesmo para Cuiabá?

Roldão - Com certeza. Principalmente em razão da paralisação das obras na Avenida da FEB, temos neste trecho mais de 27% (vinte e sete por cento) de todo nosso VA (percentual para calculo de nossa participação na receita do Estado). Estamos muito preocupados com a migração para Cuiabá até porque as empresas de maior porte neste local são as concessionárias de veículos, sendo que todas elas têm sedes em Cuiabá, daí a facilidade na migração comercial de seus clientes deste município para capital.

Correiopress - Qual a situação verdadeira dos moradores do Jardim Aeroporto que não tem mais asfalto no bairro e convive com buracos, sendo que está sendo construído um Shopping bem ao lado?

Roldão - Preciso ser bem claro com a sociedade neste local e até concordo com a reclamação da sociedade, mas este é um sofrimento justificável, pois é para dias melhores. Para você ter uma idéia o shopping ira gerar mais de 5.000 mil empregos. São mais de 300 lojas, um hotel cinco estrelas, seis salas de cinema e um montante estimado de comercialização de mais de R$ 300 milhões ao ano em nossa cidade. Será um incremento de mais de 20 milhões de receita para Várzea Grande. Quanto à pavimentação nós tivemos o cuidado de fazer um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) entre os empreendedores e a Prefeitura e logo após o término das obras, que será em outubro deste ano, este bairro será totalmente reformulado na sua pavimentação e receberá outras obras mais.

Correiopress - O terminal André Maggi irá acabar? Os pontos de Ônibus serão construídos antes do fechamento?

Roldão - Sim, esta concepção de concentração de pessoas em um mesmo local não existe mais. Um exemplo disto era a Praça Bispo em Cuiabá. Serão construídos mais de 20 novos pontos de grande porte para receber esta integração no centro e o mais importante disto tudo será a fomentação do comercio no centro comercial de Várzea Grande. Serão migrados para o comercio local mais de 20 mil pessoas/dia, que estão comprando hoje em Cuiabá, pois é mais fácil em razão da integração no terminal.

Correiopress - O estudo que a prefeitura fez não mostra um possível inchaço em alguns pontos de ônibus, com o fim do terminal? Qual solução teria?

Roldão - Não haverá inchaço. Será justamente o contrário: o terminal foi construído a mais de 17 anos, quando passava pelo mesmo cerca de 18 mil pessoas/dia, hoje no mesmo local circunda mais de 80 mil pessoas diariamente.

Correiopress - O Que será construído no local? (Terminal André Maggi)

Roldão - O Prefeito Walace, não definiu ainda, nos determinou que ouvisse a sociedade para verificar o que seria mais interessante para nosso povo neste local.

Correiopress - Quais os pontos positivos da gestão Wallace Guimarães na sua área?

Roldão - Acho que é nossa secretaria por ter o papel de poder de policia, ou seja, de fiscalização na guarda da legislação em especial do código de postura do município. Fato que nunca foi observado e hoje estamos ainda engatinhando, mas estamos pontuando a sociedade que nossa terra não é uma terra sem lei e precisa de disciplina para seu crescimento.

Correiopress - O que a população pode esperar das ações do prefeito nestes dois últimos anos de mandato?

Roldão - Muito trabalho e dedicação. O Prefeito é um imigrante como cerca de 80% (oitenta por cento) dos cidadãos várzea-grandenses, mas aprendeu como todos os outros a amar nossa cidade têm inclusive seus filhos Davi Beber Guimarães e Marina Beber Guimarães nascidos em Várzea Grande. Grande parte de seus familiares migraram do Espírito Santo para nossa cidade. O prefeito Walace mora em sua mesma residência a mais de 27 anos e tem o orgulho de dizer que vai morrer nesta cidade que oportunizou todo seu futuro profissional, político e de amigos

Correiopress - O Senhor acredita numa possível cassação do prefeito?

Roldão - Acho difícil a cassação do Prefeito Walace, até porque, não foi provado o uso de caixa dois e acredito também na justiça e em especial no Magistrado (José Leite Lindote), hoje detentor da responsabilidade da decisão judicial neste processo. Ele é um homem acima de qualquer suspeita, sendo apontado como um exemplo na magistratura de Mato Grosso. Estamos muitos tranquilos em razão disto, sei que a decisão dele será justa.

Correiopress - O senhor costuma ir aos pontos de trabalhos que são realizados pela Secretaria, isso mostra fiscalização do serviço. O senhor deve receber mais reclamações. Como o senhor analisa isto?

Roldão - Temos um ditado popular em nossa cidade: “O olho do dono é quem engorda a boiada”! Estou fazendo além da fiscalização na execução dos serviços, vejo também a qualidade dos mesmos e não faço mais do que minha obrigação e apesar de minha formação acadêmica, gosto mesmo é da lida na rua, de ver gente! Não tenho medo de fazer o enfrentamento rosto a rosto.

Correiopress - Qual a mensagem o senhor pode deixar para população em relação à Várzea Grande sobre o serviço público? O que pode esperar nestes dois anos?

Roldão - Precisamos despertar em nossa sociedade que Várzea Grande não é minha, não é sua. Várzea Grande é de todos nós, portanto cuidemos dela como uma filha querida. Nestes dois anos nossa cidade sofrerá uma transformação profunda como jamais vista, pode anotar ai, nossa cidade terá duas fases: "antes da Administração Walace Guimarães e depois desta mesma administração". Observando que não desmereço a importância de todos os outros prefeitos que por aqui passaram, todos têm sua importância na história e crescimento da cidade.

Direto ao Ponto

Detran tem Superfaturamento de 307%

O pregão presencial 050/2014/SAD foi realizado em maio de 2014, com três concorrentes,

Várzea Grande busca solução pro lixo

Secretária fez visita na Central de Gerenciamento de Resíduos de Cuiabá para

Rua será interditada

O acesso para o comércio e moradores do local será garantido.

Médico vibra com remédios no PS de VG

Há a suspeita, inclusive, de que vários tipos de produtos podem ter sido desviados


Shopping Popular estreia na Copa Centro América no próximo dia 5

Indicação de Ferrinho a liderança da prefeita mostra apoio a UNIVAB

UPA de Várzea Grande pode ter apoio de custeio dos 3 poderes

Obra do atacadão em VG inicia quarta-feira (3)

Segurança inaugura nova Central de Ocorrências

Obras alteram trânsito na avenida do CPA por quatro dias

Namorado é o principal suspeito de matar acadêmica de Direito

Governo quer tirar brasileirão da CBF


Entrevista
da Semana

Cláudia

Correiopress

Novo Projeto

Cláudia "Marajá" aponta caminho para uma possível candidatura em 2016

Cláudia Bruehmueller é empresária e fala um pouco de sua vida, projetos e opina sobre a situação de Várzea Grande hoje.

leia mais

Empresa & Cia

Empreendimento Concorde é lançado em Cuiabá pela GMS

Web

Unidades prontas

Empreendimento Concorde é lançado em Cuiabá pela GMS

O empreendimento é localizado no coração do Centro Político e Administrativo.

leia mais

ENQUETE

SUMMOS CRIATIVOS

Developer and Summos Criativos Correio V�rzea Grandense / Correio Press - Av. Eurico Gaspar Dutra, Quadra 41, Lote 01, Sala 01. Jardim Aeroporto - V�rzea Grande - Telefone: (65) 3029.2830 / (65) 9981-2053 Developer Copyright ® 2015-2020