Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Novo Projeto

Cláudia "Marajá" aponta caminho para uma possível candidatura em 2016

Cláudia Bruehmueller é empresária e fala um pouco de sua vida, projetos e opina sobre a situação de Várzea Grande hoje.

11/05/2015

Correiopress

Cláudia "Marajá" aponta caminho para uma possível candidatura em 2016

Entrevista realizada com a empresária várzeagrandense Cláudia Bruehmueller, filha de um grande personagem ilustre da cidade de Várzea Grande, o empresário Cláudio da "Marajá", que tem uma das empresas mais tradicionais e geradora de emprego no município, que assim leva o nome de Várzea Grande por todo Brasil com os refrigerantes Marajá, ela dona de uma personalidade impar quer apostar em um projeto ousado e diferente do que tem costume. A família "Marajá" não tendo membros envolvidos com candidaturas ou política ao longo dos anos, viram nascer nela um desejo que devido seu envolvimento social cresce a cada dia, pois vê sua cidade sofrer com mazelas e abandono. Cláudia desenvolve projetos sociais pelos bairros mais carentes e sente na pele as necessidades de cada cidadão de visita, em suas andanças e ao descobrirem de quem é filha ganhou um carinhoso apelido Cláudia "Marajá".

Leonardo Arruda
Da Editoria

Correiopress: Me fala um pouco quem é a Cláudia Bruehmueller?
Cláudia - Sou uma mulher guerreira mãe de duas filhas, formanda em Administração com cursos no exterior, bilíngue. empresária e já atuei em várias frentes, como no setor de bebidas, reciclagem, comércio exterior, piloto, e também no ramo de transporte com passagens pelo esporte. Sempre visando ações sócias com foco em poder ajudar as pessoas.

Correiopress: Qual sua função hoje na empresa Refrigerantes Marajá?
Cláudia - Nenhuma porém tenho meu próprio negócio mas a empresa é familiar e hoje quem está no seu comando é uma pessoa da família.

Correiopress: Seu nome foi lembrando em uma matéria em um site de Cuiabá, que você possivelmente colocaria o seu nome para disputa em 2016, esta informação procede?
Cláudia - Na realidade o site havia feito uma entrevista para avaliar o contexto político várzeagrandense, onde conjecturou uma possível candidatura diante da história da minha família e trabalho social que desenvolvo na cidade.

Correiopress: O que te fez pensar numa possível candidatura?
Cláudia - Não externei o desejo pessoal de uma possível candidatura e mesmo porque acredito que a mesma se dê de forma natural calçada pelo desejo do povo.

Correiopress: Você foi sondada por alguns partidos? Qual possivelmente você escolheria?
Cláudia - A sondagem de alguns partidos políticos, vejo com naturalidade pois as siglas partidárias já começaram a se articular na formação de candidatos visando o pleito de 2016, nesse contexto meu nome foi lembrado por alguns líderes, direcionando o convite e acreditando que eu possa ser um bom nome para o partido. Mas venho estreitando laços com PTC (Partido Trabalhista Cristão) e PV (Partido verde), partidos pequenos e com forma de trabalho.

Correiopress: O seu pai tem o nome muito conhecido no município e foi muitas vezes sondado e convidado a disputar um cargo eletivo na cidade qual o posicionamento dele e de sua família neste processo?
Cláudia - Todos da minha família me apoiam em uma eventual candidatura e ficaram felizes com a possibilidade de poder retribuir com trabalho tudo que essa maravilhosa terra nos proporcionou. Assim poder ajudar e melhorar a vida desse povo tão acolhedor e maravilhoso.

Cláudia "Marajá" aponta caminho para uma possível candidatura em 2016

Correiopress: Como você avalia Várzea Grande e os problemas insanáveis na área da saúde, o que você acha que falta?
Cláudia - Nosso município, atravessa uma fase caótica em todos os setores de serviços básicos, inclusive o da saúde no entanto, devemos olhar não puro e simplesmente para o presente, pois a saúde de qualidade não se faz em apenas quatro anos, deve se haver um serio planejamento para diminuir esses gargalos, onde a sociedade padece a muito tempo nas portas de policlínicas, PSFs e pronto socorro e não encontram atendimento de qualidade creio que a maior parte desse problema seja de gestão administrativa, que deve priorizar setores como da saúde.

Correiopress: Várzea Grande sofre falta de políticas públicas nas áreas sociais, culturais e de lazer essa falta de opção seria possivelmente um incentivo a sua candidatura?
Cláudia - As áreas sociais e culturais foram religadas ao tempo e espaço em meio às políticas públicas, passa a ser despreorizadas frente a tantas demandas e mazelas que temos em nossa cidade. Mas acredito que temas envolvendo todos os aspectos culturais e sociais, necessitem de um olhar mais clínico. Nessa linha e dependendo da construção dessa possível candidatura, temas como esse devem se tornar bandeiras a serem definidas.

Correiopress: Como avalia a violência no município?
Cláudia - A violência em Várzea Grande é a mesma que ocorre em centenas de outros municípios brasileiros infelizmente, fomentada pelo tráfico de drogas, falta de uma educação de qualidade e boa formação dos cidadãos, ausência nos incentivos na seara do esporte que é um grande fomentador de sonhos, falta de políticas públicas para a inserção de jovens no mercado de trabalho, enfim, muitas causas geradoras da violência. Vejo como um problema macro a ser enfrentado pelos poderes constituídos, pois a violência não atinge somente uma classe ou outra e sim toda sociedade.

Correiopress: Empresários de Várzea Grande estão mudando do município e pedem socorro pela falta de segurança e infraestrutura, você também pensa que a cidade precise de um choque de gestão?
Cláudia - Não digo choque de gestão mas sim , um planejamento sério na gestão. Sabemos da evasão de muitos empresários do nosso município por conta da segurança e falta da infraestrutura, mas também sabemos que esses gargalos são cunho histórico, de gestões que não acompanharam essa desmotivação do setor em relação à cidade .

Correiopress: A reclamação da população é constante com buracos falta de esgoto, água tratada e obras não acabadas como VLT, com a morosidade dos políticos da cidade, você mesmo assim estaria disposta a lançaria uma candidatura 2016?
Cláudia - O descontentamento do povo várzeagrandense é notório nas ruas , praças , órgão públicos ,bairros enfim por toda a cidade. Meio este cenário é descrédito da classe política uma candidatura à vereança como já avia mencionado deve ser pautado pela chancela popular e como resultado de um trabalho realizado. Como ainda estamos na execução desse trabalho, creio q as credenciais de uma candidatura vai ser adquiridas ao longo do processo, não maculando minha imagem por conta de outros que tiveram a oportunidade e forma mal avaliados e não executaram seu trabalho.

Correiopress: Qual avaliação você tira da troca de comando na prefeitura de Várzea Grande já que é a segunda vez que isso ocorre?
Cláudia - Bom, nunca é positiva uma instabilidade política dessas para qualquer município, quem sai perdendo é o cidadão, e para Várzea Grande muito menos já que tivemos experiência não positiva com a saída do antecessor de Walace, mais como toda mudança se busca um pouco mais de expectativa e esperança, se for bom para cidade eu avalio como positiva, mais vamos esperar e dar este voto de confiança como todo várzeagrandense torcer.

Cláudia "Marajá" aponta caminho para uma possível candidatura em 2016

Correiopress: Qual sua expectativa sobre o governo da prefeita Lucimar Campos?
Cláudia - Acredito que possa ser benéfico, mais temos de lembrar que Várzea Grande falta tudo, saúde de qualidade, educação de qualidade, infraestrutura e o que mais busco, o social, então a verdade é que ela tem um grande desafio como tinha o antecessor, botar nossa linda cidade nos eixos e sem dizer que hoje é a segunda prefeita na história do município isso já é uma grande vitória.

Correiopress: Gostaria que deixasse uma mensagem final para população de várzea-grandense?
Cláudia - A mensagem que deixo para esse povo tão acolhedor e aguerrido de Várzea Grande e de esperança e trabalho . Que todos nós possamos olhar diante e sabermos que os problemas são possíveis de soluções devemos cobrar e reivindicar por aquilo que acreditamos, pois a história de nossa cidade nos mostra a bravura daqueles que um dia sonharam com um município próspero e que cuidasse do seu povo .O trabalho e a única coisa q dignifica o homem é a mulher, por isso venho trabalhando com afinco para poder somar e trabalhar pela nossa cidade .

Direto ao Ponto

Detran tem Superfaturamento de 307%

O pregão presencial 050/2014/SAD foi realizado em maio de 2014, com três concorrentes,

Várzea Grande busca solução pro lixo

Secretária fez visita na Central de Gerenciamento de Resíduos de Cuiabá para

Rua será interditada

O acesso para o comércio e moradores do local será garantido.

Médico vibra com remédios no PS de VG

Há a suspeita, inclusive, de que vários tipos de produtos podem ter sido desviados


Shopping Popular estreia na Copa Centro América no próximo dia 5

Indicação de Ferrinho a liderança da prefeita mostra apoio a UNIVAB

UPA de Várzea Grande pode ter apoio de custeio dos 3 poderes

Obra do atacadão em VG inicia quarta-feira (3)

Segurança inaugura nova Central de Ocorrências

Obras alteram trânsito na avenida do CPA por quatro dias

Namorado é o principal suspeito de matar acadêmica de Direito

Governo quer tirar brasileirão da CBF


Entrevista
da Semana

Cláudia

Correiopress

Novo Projeto

Cláudia "Marajá" aponta caminho para uma possível candidatura em 2016

Cláudia Bruehmueller é empresária e fala um pouco de sua vida, projetos e opina sobre a situação de Várzea Grande hoje.

leia mais

Empresa & Cia

Empreendimento Concorde é lançado em Cuiabá pela GMS

Web

Unidades prontas

Empreendimento Concorde é lançado em Cuiabá pela GMS

O empreendimento é localizado no coração do Centro Político e Administrativo.

leia mais

ENQUETE

SUMMOS CRIATIVOS

Developer and Summos Criativos Correio V�rzea Grandense / Correio Press - Av. Eurico Gaspar Dutra, Quadra 41, Lote 01, Sala 01. Jardim Aeroporto - V�rzea Grande - Telefone: (65) 3029.2830 / (65) 9981-2053 Developer Copyright ® 2015-2020